E De Onde Vem Essa Energia?

Como perder de peso Veloz E Perder peso Com Saúde E Dietas


O que é metabolismo exatamente? Muito se fala em acelerar o metabolismo, que ele é o culpado por não perder peso, todavia qual é o papel dele no corpo? Quando você toma um shake de whey protein e banana ou come uma porção de batata doce com frango grelhado teu corpo deve fazer um extenso empenho para poder processar todos os nutrientes que você acabou de comer. Novas horas depois de se alimentar o shake e o frango terão sido “quebrados” em aminoácidos, e a batata doce e a banana estarão na circulação na forma de glicose, o combustível favorito das células. Nosso corpo humano dá certo como uma máquina, digerindo alimentos, absorvendo nutrientes e enviando-os para fornecer energia para todas nossas células. Todo este processo é conhecido como metabolismo, e ele está relacionado diretamente à manutenção do peso.


Saiba exatamente como o metabolismo afeta seu peso e conheça maneiras de acelerar o metabolismo de maneira natural. Derivada do Grego metabole, que significa “mudança”, a palavra metabolismo é utilizada pra descrever todos os processos químicos que ocorrem continuamente dentro do nosso organismo para que possamos nos manter vivos. Todos estes processos bioquímicos nos permitem respirar, caminhar, reconstruir as células e fazer todas as além da conta funções que asseguram a existência. O metabolismo é um processo permanente, que começa no momento da concepção e só termina com a morte.


As reações químicas que compõem o metabolismo são consideráveis pra todas as formas de vida, e no momento em que elas cessam, tudo o que estava vivo morre. Pense no procedimento que permite uma planta captar iluminação do sol e convertê-la em carboidratos: é o metabolismo vegetal, e sem ele as plantas não existiriam. De maneira igual, nós não existimos sem o metabolismo, que não precisa ser confundido com anabolismo e catabolismo.


Na realidade, esses 2 processos compõem o metabolismo, e correspondem à geração ou degradação de compostos necessários para a vida smartphone. O termo anabolismo se diz a uma série de reações químicas que constroem ou sintetizam moléculas a começar por “partes” menores, geralmente envolvendo um gasto de energia. De forma simplificada, queremos narrar que o método anabólico constrói todas os compostos de que a célula precisa, fazendo estruturas maiores a partir de menores “blocos” de nutrientes. Pense no anabolismo como a construção de uma casa, que requer a união de incalculáveis componentes menores (blocos, tijolos) para formar uma estrutura mais complexa. Como exemplo temos os aminoácidos, que são recombinados e utilizados pra formar proteínas necessárias pro progresso do músculo.


Para incentivar o recurso anabólico o corpo utiliza uma série de mensageiros químicos- hormônios- que “avisam” os tecidos que é hora de começar a produzir os compostos maiores de ele que deve. Produzido maravilhosas células beta do pâncreas, o hormônio controla os níveis de glicose no sangue. Sem insulina as células não podem ganhar o carboidrato, uma vez que é o hormônio que permite a entrada de glicose pela célula. Depois de ser sintetizado na hipófise (glândula cerebral), o GH irá instigar o fígado a dispensar somatomedina (IGF-1), e esta por tua vez promove o avanço dos tecidos. Assim como produzida nos ossos e nos músculos, o hormônio molecularmente parecido à insulina estimula a elaboração de proteínas. Conhecida como hormônio masculino, a testosterona é produzida nos testículos nos homens e nos ovários nas mulheres.



Tua principal função é construir as características sexuais masculinas, como a voz dramático e a barba. Como é altamente anabólico, o hormônio bem como leva à síntese proteica e estimula o fortalecimento ósseo. O hormônio feminino produzido nos ovários está envolvido na definição das características femininas, como os seios e o ciclo menstrual. E do mesmo jeito a testosterona nos homens, o estrógeno também fortalece o tecido ósseo nas mulheres. Essa é uma das frases mais temidas por quem pratica musculação com finalidade de hipertrofiar seus músculos, no entanto sem o catabolismo não estaríamos vivos. Se o método é indesejado na academia já que consome a massa magra conquistado com tal empenho, na prática ele é literalmente indispensável para o corpo humano.



Isto pelo motivo de o catabolismo é o recurso pelo qual o corpo degrada nutrientes e libera energia pras células. Estruturas maiores são convertidas em substâncias mais acessível, e nesta conversão há uma liberação de energia. Exemplo: polissacarídeos são convertidos em monossacarídeos durante a digestão. Isto é, carboidratos complexos como o amido e o glicogênio são degradados em carboidratos fácil, como a glicose e a frutose. Em vista disso, devemos o catabolismo fornece energia (que será estocada dentro das moléculas de ATP) que o nosso corpo tem que para todas as tuas atividades, desde o nível celular até nossos movimentos corporais.


Este é o hormônio que está diretamente filiado ao estresse, uma vez que situações de grande tensão promovem a liberação de cortisol pelas glândulas suprarrenais. Seus principais efeitos adicionam aumento da pressão arterial e dos níveis de glicose no sangue, e uma redução da atuação do sistema imunológico. Produzido pelo pâncreas, o glucagon estimula a quebra de glicogênio (forma de estocagem de glicose nas células) pelo fígado, ação que leva a um aumento da concentração de açúcar no sangue.


Outro hormônio produzido pelas suprarrenais, a adrenalina promove um aumento da regularidade cardíaca, aumenta a força de contração do coração e abre os bronquíolos nos pulmões. Se pensarmos em termos evolutivos, a adrenalina era necessária para os momentos em que nossos ancestrais se encontravam frente à uma ameaça e precisavam estar preparados para guerrear ou dar no pé. No momento em que nos alimentamos, o recurso digestivo libera energia que será estocada nas células na condição de ATP. Isto significa que o catabolismo fornece a energia de que o anabolismo necessita para produzir hormônios, enzimas e algumas substâncias necessárias pro crescimento celular e a regeneração dos tecidos. Se o método anabólico produz mais energia de que o anabolismo tem que pra estabelecidas reações, teremos um excedente energético, que será estocado como gordura ou glicogênio.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *